Unidade Funcionários

R. Gonçalves Dias, 75 - BH | MG

Unidade Venda Nova

Av Vilarinho, 901 - BH | MG

Laserterapias

Laserterapia Localizada

O que é

TRATAMENTO A LASER – TÉCNICA DE FOTOCOAGULAÇÃO LOCALIZADA

Também conhecido como fotocoagulação a laser, o tratamento a laser pode ser recomendado em casos de rasgadura da retina sem descolamento ou com descolamento localizado. Seu objetivo é criar uma barreira protetora para evitar a progressão do descolamento da retina. Além disso, o laser também pode ser indicado para tratar lesões localizadas na periferia da retina que podem predispor ao descolamento da retina, ajudando a prevenir que isso ocorra.

Como acontece

Não é necessário ficar em jejum. É recomendado tomar um comprimido analgésico (dipirona ou paracetamol) cerca de uma hora antes do procedimento. Ao chegar à clínica, o paciente passará por uma conferência de dados para garantir que todas as informações relacionadas a ele e ao procedimento estejam corretas. Em seguida, será feita uma marcação no olho a ser tratado, seguida de dilatação pupilar usando colírios no mesmo olho.

A anestesia é local e é administrada por meio de colírios. Não são necessários colírios após o procedimento. Este tratamento pode exigir repetições, caso necessário, e isso será determinado individualmente.


Laserterapia Panretiniana

O que é

TRATAMENTO COM LASER – FOTOCOAGULAÇÃO PANRETINIANA

Também conhecido como fotocoagulação panretiniana, esse tratamento envolve o uso de um laser para destruir uma parte da retina que está danificada devido à doença subjacente do paciente. Isso ajuda a prevenir a formação de vasos sanguíneos anormais e tecido cicatricial, que podem levar à perda da visão.

A eficácia desse tratamento com laser para fotocoagulação retiniana é maior quando a condição do paciente não está em estágio avançado; em casos mais avançados, pode ser indicada uma cirurgia mais apropriada.

Como acontece

Não é necessário ficar em jejum. É recomendado tomar um analgésico (dipirona ou paracetamol) aproximadamente uma hora antes do procedimento. Ao chegar à clínica, o paciente passará por uma conferência de dados para garantir que todas as informações relacionadas a ele e ao procedimento estejam corretas.

Será feita uma marcação no olho a ser tratado, seguida pela dilatação da pupila com colírios específicos. A anestesia é local, administrada por meio de colírios, não sendo necessário o uso de colírios após o procedimento. É importante ressaltar que a necessidade de repetir esse tratamento várias vezes será determinada individualmente, de acordo com a resposta do paciente.

Compartilhe

Marque sua Consulta

Horários Central de Marcação:

Seg a Sex: 07h30 às 18h 

Sab: 08h às 12h

Assistente Virtual:

24 horas!

Horários de Funcionamento

Seg-Sex: 8h as 18h
Sab: 8h as 12h
Pular para o conteúdo