Blog

Higienizando os Olhos do Bebê

Quando se fala da saúde do bebê, todo cuidado é muito pouco, ainda mais no caso de pais de primeira viagem. Os olhos são órgãos supersensíveis e, devem ser uma das prioridades do pais durante os primeiros meses de vida.

Todo cuidado começa com uma limpeza inicial feita pela equipe médica até uma hora após o nascimento. Esse procedimento é conhecido como método de Crede e, consiste na introdução de colírio de nitrato de prata 1% nos olhos da criança. A importância de realizar esse procedimento logo nas primeiras horas do bebê previne o aparecimento da conjuntivite neonatal, uma infecção causada quando há entrada de sangue ou outros líquidos nos olhos do bebê durante a parte.

Uma vez em casa, o cuidado deve continuar, sobretudo entre os seis e os doze meses, período onde acontece o desenvolvimento do sistema de drenagem lacrimal. A higienização dos olhos do bebê é algo muito importante e simples de ser feita. Recomenda-se que seja usada uma compressa esterilizada de soro fisiológico, ou um pano umedecido limpo, fervido em água filtrada. Os movimentos devem ser feitos de forma sutil sempre do canto nasal para a orelha.

A limpeza deve ser feita apenas com água ou soro fisiológico. Quanto ao uso de água boricada e remédios caseiros, tais como chá de rosa ou camomila, a recomendação dos especialistas é que eles não sejam usados: por serem composições mais complexas, elas podem causar irritações quando em contato em algo tão sensível como região dos olhos. Já o colírio, ele só deve ser administrado conforme prescrição médica.

O ideal é que se realize a higienização dos olhos logo no início do banho, onde a água ainda está limpa. Adotar essa rotina de limpeza pode prevenir não somente a conjuntivite neonatal, mas também a blefarite, uma inflamação nas pálpebras caracterizada por vermelhidão e surgimento de pus. O acompanhamento como o oftalmologista também é recomendado para avaliar se está tudo certo com a saúde ocular do bebê